Açúcar de coco
03 out

Açúcar de coco: entendendo o assunto!!

Olá pessoal 😉

Uma seguidora pediu um post sobre o açúcar de coco, como ele está se tornando um substituto comum do açúcar na mesa de quem procura uma alimentação saudável. Então resolvi explicar algumas coisas sobre ele para vocês.

O açúcar de coco vem da seiva das flores da palma do coco, essa seiva passa por um processo de caramelização até formar os cristais na forma em que o produto é comercializado.

Benefícios

Uma das vantagens do açúcar de coco é ser rico em vitaminas e minerais que não são perdidos durante seu processamento (diferentemente do que ocorre com o açúcar branco ou refinado), ferro, zinco, cálcio e potássio, além de alguns ácidos graxos de cadeia curta, polifenóis e antioxidantes são alguns dos nutrientes que podemos encontrar nesse açúcar.

Além disso, ele contém uma fibra chamada inulina, que pode retardar a absorção de glicose e explicar porque o açúcar de coco tem um índice glicêmico (I.G) mais baixo.

Health-Benefits-of-Coconut-Sugar

Teor de frutose

O teor de frutose livre também é baixo (4%), sendo esse açúcar praticamente composto por sacarose. O que devemos levar em conta é que apesar dos benefícios atribuídos a ele, ainda existem poucas pesquisas capazes de comprovar essas afirmações. O índice glicêmico por exemplo varia de acordo com cada indivíduo…e acreditem, até a marca do produto pode interferir nesse valor.

Como a pesquisa que qualificou esses benefícios em relação aos outros tipos de açúcar foi realizada em apenas 10 indivíduos saudáveis (os diabéticos possuem um resposta aos alimentos diferente) nós não podemos (ainda) dizer se ele contém realmente todos esses benefícios divulgados pela indústria alimentícia. Além disso, apesar de ter um teor de frutose livre baixo ele é rico em sacarose (glicose+frutose) o que segundo alguns estudos gera o mesmo risco de complicações atribuídas a frutose livre.

E aí você me pergunta qual a vantagem? Se for realmente comprovada essa questão sobre o índice glicêmico (I.G), ele teria um I.G mais baixo com mais nutrientes. A única observação seria em relação a sua composição (sacarose) e o fato do valor calórico ser igual ao do açúcar comum. As calorias não mudam, portanto não deve ser um produto para uso sem moderação.

Bom, então agora que você já sabe um pouco mais sobre o açúcar de coco, coloque na balança e analise se vale a pena o custo benéfico na compra desse produto ok?


Gostou da matéria? 

Não deixe de se cadastrar aqui no blog para receber as novidades 😉

Deixe seu comentário